Coopermota - Notícia
INFORMAÇÃO || NOTÍCIA
Novembro: Começa mais uma etapa da vacinação contra a febre aftosa
Novembro: Começa mais uma etapa da vacinação contra a febre aftosa
/ 01/11/2021

Começou hoje, 1 de novembro de 2021, e vai até o dia 30 deste mês mais uma etapa da vacinação contra a febre aftosa. Nesse periodo de campanha, todos os bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade deverão ser vacinados no estado de São Paulo. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento, alerta para a importância da imunização do rebanho, conforme o calendário oficial de vacinação.
“Caso o criador não vacine os animais de até 24 meses dentro do prazo ou não declare sua vacinação, a legislação prevê multa. Não adianta só vacinar, ele tem que declarar ao serviço de defesa que efetivamente aplicou a dose em seu rebanho, até 07 de dezembro”, explicou a assessoria da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. “Deve se declarar também os demais amimais de rebanho como equídeos (equinos, asininos e muares), suídeos (suínos, javalis e javaporcos), ovinos e aves (granjas de aves domesticas, criatórias de avestruzes)”, ressalta.
A vacinação faz parte do processo de prevenção da reintrodução do vírus da Febre Aftosa no rebanho brasileiro, por isso sua importância para a manutenção do nosso status de livre da doença e evolução para a futura retirada da vacina. A expectativa é de que aproximadamente 135 mil bovinos e bubalinos, de todas as idades, sejam imunizados no estado de SP durante a campanha.


OS SINTOMAS: Os principais sintomas da febre aftosa são feridas na boca, nos tetos ao ordenhar ou amamentar e no casco como ferimentos ou manqueira. Por não conseguir se alimentar, o gado contaminado apresenta enfraquecimento e perda de peso. Muitas doenças apresentam sintomatologia semelhante à febre aftosa, por isso a notificação imediata desses sinais clínicos deve ser feita ao Serviço de Defesa Agropecuária, que colherá material adequado para o diagnóstico em laboratório.

CUIDADOS:
- Comprar as vacinas somente em lojas registradas;
- Verificar se as vacinas estão na temperatura correta: entre 2°C e 8°C;
- Para transportá-las, usar uma caixa térmica, colocar três partes de gelo para uma de vacina e lacrar;
- Manter a vacina no gelo até o momento da aplicação;
- Escolher a hora mais fresca do dia e reunir o gado. Lembrar que só devem ser vacinados bovinos e búfalos;
- Durante a vacinação, manter a seringa e as vacinas na caixa térmica e usar agulhas novas, de preferência do tamanho 15mm por 18mm, limpas;
- Lembrar que a higiene e a limpeza são fundamentais;
- Agitar o frasco antes de usar e aplicar a dosagem certa em todos os animais. A partir de 2019, a dose é de 2 ml;
- Aplicar na tábua do pescoço, embaixo da pele, com calma;
- Preencher a declaração de vacinação e entregá-la no serviço veterinário oficial do Estado, junto com a nota fiscal de compra da vacina.

COMPARTILHE
© Coopermota 2022 | Todos os direitos reservados
Matriz: 18 3341-9400